Olá, visitante!

Login

Rosberg garante pole duvidosa em classificatório com várias bandeiras vermelhas

Publicado em 23/07/2016 por Jessica Hajjar

O classificatório para a décima primeira etapa da Fórmula 1 começou com um atraso de 20 minutos devido à chuva que caiu depois do terceiro treino livre liderado por Nico Rosberg, com Max Verstappen garantindo a segunda posição por 2 milésimos, mostrando a força da Red Bull que teve Ricciardo em terceiro. Já Hamilton foi o quarto.Porém tudo mudou para o classificatório, pilotos e equipes tiveram que mudar o acerto dos carros devido à chuva que apareceu com pilotos indo para a pista com pneus de chuva forte, chuva que realmente piorou e a bandeira vermelha interrompeu o Q1 faltando 13 minutos da sessão.


Depois de alguns minutos paralisado, o treino teve reinício as 9h40, e a segunda paralisação veio quando Marcus Ericsson perdeu o controle em uma das curvas e foi direto para a barreira de proteção avariando sua Sauber.
O treino foi retomado às 9h55, mas não demorou muito para outra paralisação, quando Felipe Massa perdeu a traseira de sua Williams e batendo na proteção da pista querendo a suspensão dianteira e o bico.


As 10h07 a pista foi liberada novamente e os pilotos partiram para a parte final do Q1, mas faltando 1m e 18 segundos, Rio Haryanto também perdeu controle do carro e bateu para outra bandeira vermelha, porém a direção de prova encerrou o Q1. Com isso Palmer, Massa, Magnussen, Ericsson, Wehrlein e Haryanto foram os eliminados.
O Q2 começou as 10h19, e os pilotos partiram para a pista com pneus intermediários.
Mas com as voltas dos pilotos a pista foi melhorando, Nasr chegou a ficar com a melhor volta por alguns minutos, mas no final o pilotos calçaram pneus supermacios e começaram a melhor muito os tempos e no final a Sauber de Nasr despencou na tabela de tempos e os eliminados foram Grosjean, Kvyat, Perez, Raikkonen, Gutierrez e Nasr.


O Q3 começou as 10h42 para a definição das primeiras posições do grid de largada, Hamilton tratou de marcar 1m20s108, mas quando o inglês vinha em volta rápida e melhorando o tempo Fernando Alonso rodou e ele precisou tirar o pé, enquanto isso Nico Rosberg conseguiu marcar 1m19s965 no finalzinho para garantir mais uma pole position na carreira.
A segunda posição ficou com Lewis Hamilton, a segunda fila foi formada por Ricciardo e Verstappen, Vettel, Sainz, Alonso, Button, Hulkenberg e Bottas completaram o top10.


Mas de acordo com as imagens, aparentemente Rosberg marcou seu melhor tempo quando tínhamos bandeira amarela em um dos setores da pista e isso pode mudar o resultado do classificatório, já Vettel e Verstappen foram atrapalhados por outros pilotos que aqueciam pneus, então podemos ter punição.
Foto: Mercedes AMG F1


Fonte: http://www.mundodavelocidade.com
Advertise

Próximos eventos

Mais eventos