Olá, visitante!

Login

MB Challenge: Bardahl Hot Car luta por títulos e categoria faz homenagem a Roberto Galvão

Publicado em 30/11/2018 por Rafael Gaspar

Todos os carros levarão uma mensagem em homenagem ao presidente da Promax Bardahl, que faleceu no último sábado. Na pista, três pilotos da equipe estarão na luta por títulos em suas categorias

Uma semana difícil para toda a equipe Bardahl Hot Car, em virtude do falecimento do presidente da Promax Bardahl, Roberto Galvão, no último sábado (dia 24), em São Paulo. Mais que um patrocinador, o empresário era um grande amigo do chefe de equipe, Amadeu Rodrigues, um apaixonado por automobilismo e fazia questão de sempre que possível estar nas pistas para acompanhar as corridas. Grande apoiador do esporte a motor no país, ele será homenageado neste final da semana (1º e 2 de dezembro) na disputa da oitava e última etapa do Mercedes-Benz Challenge, que acontecerá no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).

Todos os carros da categoria levarão a mensagem: “Para sempre Roberto Galvão”. E, na equipe Bardahl Hot Car, André Moraes Jr., Flavio Andrade, Fernando Amorim, Cesare Marrucci e Fábio Escorpioni querem fazer bonito e brigar por vitórias e pódios para que a homenagem seja ainda maior. Moraes, Andrade e Amorim também estão na briga pelos títulos.

Aos 19 anos e piloto mais jovem do Mercedes-Benz Challenge, Moraes vem embalado por quatro vitórias seguidas e é o vice-líder da C250. Andrade é o quarto no geral da categoria e líder na C250 Master, onde foi ao pódio em todas as etapas do ano até aqui. Amorim é o líder da CLA Master e tem 18 pontos de vantagem para o segundo colocado.

Os treinos em Curitiba começarão na sexta-feira (30), com sessões livres. No sábado, haverá a definição do grid e, no domingo, a prova terá sua largada às 10h50, com transmissão ao vivo do Bandsports. A etapa terá pontuação dobrada.

“Roberto Galvão era muito mais que um patrocinador. Era um amigo, que estava ao nosso lado em todos os momentos e era apaixonado pelas corridas, como todos nós da equipe. Ele nos deixou muita saudade, mas também seu exemplo de liderança e dedicação. Vamos lutar muito pelos títulos, para que essa homenagem seja mais completa ainda”, destacou Amadeu Rodrigues.

André Moraes Jr. está a apenas seis pontos da liderança da C250 e também quer o título para dedicar a Roberto Galvão. “Estou muito confiante. Estamos vindo numa sequência muito boa. Espero realmente trazer este título. Vamos trabalhar muito pra isso. Nosso carro está muito bom e vamos fazer valer a pena tudo o que o Dr. Roberto sempre fez por nós. Vamos buscar este título para ele”, declarou o jovem piloto de Americana, no interior de São Paulo, que corre com a C250 #12.

Flávio Andrade também compartilha do mesmo sentimento. "Estamos todos muito chateados com o que aconteceu, mas vou fazer o possível para ganhar o campeonato e também dedicar ao Roberto, que tanto nos apoiou estes anos", afirmou o piloto da C250 #26.

"Curitiba é uma pista que sempre andei bem e tenho certeza de que vamos brigar na frente. Apesar da minha vantagem na liderança da Master, como a prova vale o dobro, o campeonato ainda está em aberto. Então, quero lutar pela vitória, para não me preocupar em fazer contas. Vai ser uma corrida muito emocionante", acredita o paulista.

Na CLA #88, Amorim tem uma boa vantagem na liderança da Master. São 18 pontos para o vice-líder. Mas o piloto sabe que não terá vida fácil. “Curitiba é uma pista muito conhecida por todos os pilotos e engenheiros. Por isso, acredito que teremos uma grande regularidade nos treinos e pequenas diferenças de tempo de cada um. Isso tornará a corrida ainda mais difícil”, lembrou.

“A minha situação no campeonato ficou mais confortável depois da corrida de Curvelo (MG), onde venci e meus principais concorrentes ao título não pontuaram. Mas, apesar da diferença ser grande, teremos a pontuação dobrada para o vencedor em Curitiba, ou seja, 40 pontos”, continuou o piloto de Campinas (SP).

“Desta forma, tenho que continuar me empenhando ao máximo, buscando um ótimo lugar no pódio para não depender dos resultados dos concorrentes. Estou bastante confiante e irei me doar integralmente para alcançar este objetivo”, finalizou Amorim, que tem dois pódios no geral, quatro na Master e mais duas vitórias na Master.

Já o piracicabano Marrucci espera não enfrentar problemas na CLA #44 e lutar por novos pódios. “Depois de duas etapas em pistas desconhecidas, voltamos a um circuito mais antigo e tradicional nas competições nacional”, comentou.

“Tivemos uma série de quebras nas etapas anteriores, que prejudicaram nossa colocação no campeonato. Mas a equipe trabalhou bastante para sanar os problemas e a esperança é poder fechar a temporada 2018 com um bom resultado nesta última etapa”, completou o piloto que tem cinco pódios na categoria Master.

Escorpini também está confiante para a última etapa. “Na corrida passada, estávamos muito rápidos e isso me deixa ainda mais confiante. Curitiba é a pista onde tive a minha primeira vitória no Mercedes-Benz Challenge, quando corria na C250. Temos um carro muito bom e vamos brigar pelos primeiros lugares”, concluiu o piloto da CLA #55.

Confira a programação para a etapa final em Curitiba:

Sexta-feira, 30 de novembro

12h00: Treino Livre 1 - CLA AMG

12h35: Treino Livre 1 - C250

14h25: Treino Livre 2 - CLA AMG

15h00: Treino Livre 2 - C250

16h50: Treino Livre 3 - Geral

Sábado, 1º de dezembro

08h50: Treino Livre 4 - CLA AMG

10h10: Treino Livre 4 - C250

11h30: Treino Livre 5 - Geral

13h30: Classificação - CLA AMG

13h55: Classificação - C250

Domingo, 2 de dezembro

08h55: Warm Up - Geral

10h50: Corrida

Advertise

Próximos eventos

Mais eventos