Olá, visitante!

Login

IndyCar Series: Will Power tem ótimo ritmo no final de prova para garantir mais uma vitória

Publicado em 22/08/2016 por Jessica Hajjar

A décima terceira etapa da Fórmula Indy que seria no domingo foi adiada para esta segunda feira com a largada acontecendo às 13h e Mikhail Aleshin conquistando sua primeira pole position na categoria e Josef Newgarden largando em segundo ainda com seu bom desempenho nesta temporada. Hélio Castroneves partiu da segunda fila, enquanto que Tony Kanaan partiu da quinta fila do grid.

Na largada os carros espalharam na larga pista de Pocono, Aleshin seguiu na liderança com Newgarden na sua cola pulando para a liderança na segunda volta e a primeira bandeira amarela veio na terceira volta com a pancada do Takuma Sato no muro da terceira curva do circuito.

A relargada da prova foi na nona volta e as trocas de posições começaram na curva 1, e os carros espalhados pela pista chegando a ter quatro lado a lado. Destaque para Ryan Hunter-Reay que antes da volta 20 já tinha conquistado quatorze posições, ele que largou em último.

Na volta 32 começaram as paradas nos pits, o primeiro a parar foi Ryan Hunter-Reay, ele que teve um consumo maior que os outros pilotos devido a potência utilizada para ganhar várias posições. No reposicionamento após as primeiras paradas Aleshin liderava, seguido por Hunter-Reay e Newgarden 
em terceiro.

O segundo abandono da prova veio antes da volta 60 com Ed Carpenter tendo problemas no motor, na sequência começaram as paradas nos boxes e Hélio Castroneves, Alexander Rossi e Charlie Kimball bateram nos pits quando Kimball fechou Rossi que decolou batendo em cima do carro do Hélio e por muito pouco não acertou a cabeça do brasileiro.

Na relargada Aleshin liderava seguido por Hunter-Reay, Newgarden, Munoz e Tony Kanaan no top5. Nesse momento era nítido que os pilotos estavam começando a economizar equipamento e combustível para ter um final de prova melhor.

Na volta 93 Aleshin foi o primeiro a ir ao pit para a terceira parada da prova, nas voltas seguintes o restante do grid fez o mesmo.

Ao atingirem as 100 voltas da prova, Mikhail Aleshin seguia na liderança da prova com Ryan Hunter-Reay, Josef Newgarden, Carlos Munoz e James Hinchcliffe no top5, Tony Kanaan teve problemas nos pits e caiu para décimo quarto.

A quarta parada dos pilotos começou na volta 120, e agora as estratégias começavam a ficar mais claras, Hunter-Reay manteve o ritmo forte na liderança da prova abrindo boa distância para Aleshin que economizava. Já Tony Kanaan era o sétimo.

Na volta 152 Hunter-Reay e Aleshin foram ao pit deixando a liderança da prova com Will Power, e na volta 157 Simon Pagenaud foi para o muro destruindo seu carro para mais uma bandeira amarela na prova.

Na volta 164 tivemos mais uma relargada mas Ryan Hunter-Reay que liderava a prova ficou lento com o motor apagado perdendo a chance de vitória da prova, agora com uma volta atrás deixou a liderança para Will Power com Joseg Newgarden em segundo, Tony Kanaan em terceiro, Mikhail Aleshin em quarto e Carlos Munoz completando o top5 da prova.

Na volta 176 mais uma bandeira amarela causada por um pedaço do carro do Tony Kanaan na pista e é exatamente na última janela de parada nos pits. Após as paradas Power seguiu na liderança seguido por Aleshin, Newgarden, Kanaan e Munoz nas cinco primeiras posições.

Na relargada faltando 20 voltas Power manteve a liderança com Tony Kanaan pulando para a segunda posição, com Newgarden e Aleshin colados no brasileiro. Já Hunter-Reay era o nono colocado depois de recuperar a volta perdida.

Faltando dez voltas a disputa pela primeira posição estava entre Power e Aleshin, e mais atrás vinham Newgarden, Bourdais, Dixon e Hunter-Reay.

Com um ritmo impressionante Will Power vence mais uma na carreira, dessa vez no tri-oval de Pocono deixando Mikhail Aleshin na segunda posição, o russo que liderou grande parte da prova, e em terceiro com um ritmo incrível ficou Ryan Hunter-Reay, ele que chegou a ficar uma volta atrás depois de um problema no motor quando liderava.

​Já Tony Kanaan sem uma parte da asa traseira fez o que pode para segurar o carro na pista e terminou a prova na nona posição. Josef Newgarden e Sebastien Bourdais completaram o top5 da prova.


Fonte: http://www.mundodavelocidade.com/
Advertise

Próximos eventos

Mais eventos