Olá, visitante!

Login

Em Goiânia, pilotos da Academia Shell Racing voltam à disputa do Campeonato Brasileiro de Turismo

Publicado em 14/11/2017 por Sylvia Carcasci

Numa pista com bom retrospecto, Gaetano di Mauro tenta retomar liderança da tabela enquanto Vitor Baptista busca mais vitórias

Depois de mais de um mês de parada, o Campeonato Brasileiro de Turismo volta neste fim de semana com a rodada dupla de Goiânia, penúltimo evento da temporada. Os pilotos da Academia Shell Racing têm boas perspectivas para as corridas numa pista em que já andaram bem este ano.

Vice-líder do campeonato, Gaetano di Mauro busca retomar a primeira posição na tabela num autódromo no qual conquistou dois pódios em duas provas em 2017: na primeira rodada dupla, o piloto do carro #11 obteve uma vitória e um terceiro lugares.

Já Vitor Baptista conquistou uma vitória na última rodada dupla, em Londrina, e, mesmo tendo ficado fora de quatro corridas no campeonato, está entre os dez primeiros na tabela. Em Goiânia, no começo do ano, Baptista teve um quarto e um segundo lugares.

Os resultados na rodada de Goiânia são fundamentais para a definição do campeonato, já que depois só restará a disputa de uma corrida, com pontuação dobrada, em Interlagos, no dia 10 de dezembro.

A programação em Goiânia terá dois treinos livres na sexta-feira e a classificação no sábado pela manhã. A primeira prova será disputada também no sábado, às 14h35, com transmissão do SporTV2. No domingo, às 8h25, o SporTV3 exibe também ao vivo a segunda corrida.


O que eles disseram:

"A expectativa é recuperar os pontos perdidos da etapa de Londrina, e batalhar para tirar a diferença em relação ao líder para sair ou perto ou na liderança, ficando assim a decisão para Interlagos de uma forma mais justa. Gosto da pista de Goiânia, na qual tive um histórico bom, com vitória, e isso me anima bastante. Trabalhei duro nesse último mês, fui para a Europa andar de kart para ficar com o corpo e a cabeça bem. Pensei muito no que podemos fazer para o campeonato, e estou bem focado para o fim de semana"

Gaetano di Mauro, piloto do carro #11


"Goiânia é uma pista na qual corri no começo do ano, conheci o carro e desenvolvi um pouco o acerto. Mesmo assim, tivemos um progresso bem grande desde o começo do ano e esperamos se não for um resultado igual, melhor, e obtive um segundo e um quarto lugares. Estou mais bem preparado e a equipe também. Vamos correr com a cabeça porque vão ter pilotos brigando pelo campeonato com força. Vamos trabalhar todo o fim de semana, estou confiante e o carro tem melhorado, na última corrida conseguimos um ótimo acerto. Vamos correr atrás das vitórias, já que eu não corri todas as provas e não posso ser campeão"

Vitor Baptista, piloto do carro #120


Classificação do campeonato:

1º G.Robe - 131 pontos
2º G. di Mauro - 107 
3º L.Milani - 102 
4º M.Cozzi - 88 
5º G.Frigotto - 88 
6º R.Reis - 86 
7º P.Rimbano - 83 
8º G.Borlenghi - 81 
9º G.Myasava - 76 
10º V.aptista - 69

 

Sobre a plataforma da Raízen em motorsport:

A Raízen, por meio da marca Shell, promove a maior plataforma de patrocínio em esporte a motor no Brasil, a Academia de Pilotos Shell Racing. A marca apoia oito pilotos entre as modalidades do kart, Brasileiro de Turismo, Stock Car e Porsche Império GT3 Cup. O projeto está em linha com a estratégia global da marca, que, além do mais longevo patrocínio do automobilismo mundial com a Scuderia Ferrari na F1, está presente na Nascar, Indycar, V8 Australiana e Campeonato Mundial de Endurance.


Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.


CONTATO
Luis Ferrari
press@luisferrari.com.br
11 98666.8307

Foto: José Mário Dias 

Advertise

Próximos eventos

Mais eventos