Olá, visitante!

Login

Duplas SFI CHIPS vencem etapa no Jalapão nos UTVs (Pró Elite) e nos Carros (Production T2)

Publicado em 30/08/2019 por Rafael Gaspar

Denísio do Nascimento/Idali Bosse seguem brigando pela ponta nos UTVs Pró Elite. Glauber Fontoura/Minae Miyauti completam com êxito a primeira parte da etapa Maratona. Nesta sexta-feira o destino será Bom Jesus (PI)

Toda beleza do Jalapão, região marcante na história do Sertões, porém uma das etapas mais duras e desafiantes do roteiro. “Começou bem sinuosa, depois ficou um pouco mais rápida, trecho de areia, foi um dia bem difícil, que exigiu bastante de todo conjunto, mas conseguimos fazer uma especial limpa, sem nenhum erro, sem quebra e obter bom resultado”, conta Idali Bosse, navegador de Denísio do Nascimento #202. A dupla catarinense chegou na frente na quinta etapa, entre os UTVs Pró Elite, com 4h26min03s; está em 2º na geral (21h14min17s). Estão a 1min16s dos líderes Bruno Varela/Gustavo Bortolanza (21h15min01). “Vamos para a 6ª etapa e nosso carro já passou por uma rápida manutenção que só nós competidores podemos fazer, em 20 minutos. Agora é ir pra cima”, conclui Bosse. A dupla é campeã do Rally Cross Country 2018, na UTV Pró Elite.

E outra dupla, que usa a tecnologia avançada da SFI CHIPS, e que superou bravamente as erosões, pedras e todos os obstáculos encontrados na 5ª etapa foram os tricampeões Glauber Fontoura e Minae Miyauti #311 (5h43min31), que chegou em 1º na Production T2 e estão na 1º no acumulado da categoria. “Foi uma etapa pesada e apesar de tentar poupar o carro, tivemos que arriscar. Agora vamos para a maior especial da história da prova”, diz Fontoura, com 17 participações no Sertões e quatro títulos, que mais uma vez mostrou que a experiência fala mais alto.  

Já Sandra Dias e Igor Quirrenbach de Carvalho #411, também com as soluções da SFI CHIP, chegaram em 2º na Master, a categoria mais exigente do Rally de Regularidade A dupla foi vice-campeã nos Sertões 2018 (Regularidade/Graduados). “Ficamos o tempo inteiro bem alertas, muito concentrados, e saímos exaustos desta etapa. Mas nos aguarda mais desafios, hoje serão 535 de Especial, com muita areia. Estamos confiantes”, diz o navegador Quirrenbach. “Este é o Rally dos Sertões, ninguém disse que ia ser fácil. Estamos com um enorme desafio por estarmos na Master, mas estamos nos surpreendendo também com nosso desempenho”, afirma Sandra, única mulher piloto de carros do Sertões.

Já Otávio e Allan Enz tiveram problemas na etapa Maratona mas seguem guerreiros na prova. “Passamos pelo Jalapão, agora estamos em São Felix, no Tocantins, a prova teve uma série de entraves. Estamos naquela etapa brava, na qual ninguém pode relar no carro, apenas Allan e eu até meia hora antes da largada rumo a Piauí”, conta o piloto Otávio Enz Filho, que corre com Allan Enz #336 e estão em 5º no acumulado do Production T2.

Essas são algumas das dezenas de duplas de Carros e UTVs da competição, que usam soluções avançadas da SFI CHIPS. A empresa oferece tecnologia de ponta para garantir que pilotos possam competir com o que há de melhor e mais seguro, por isso possui inúmeros títulos e é a única preparadora escolhida pelas equipes oficiais das montadoras. “Com máquinas de alto desempenho, competidores tem mais confiança para os desafios dos Sertões”, diz Márcio Medina, diretor da SFI CHIPS.

Advertise

Próximos eventos

Mais eventos